Voltei para ficar

Passa abril, passa maio, passa junho. Chega, né? Hora de tomar vergonha no nariz e voltar. É claro que devo uma explicação pra vocês. Vou explicar tintim-por-tintim. Em abril, logo depois do último post (em oito de abril, saravá), entrei em período de provas. Aí foi um tal de estudar, correr pra fazer prova, voltar, […]